20 de jun de 2013

O Manequim

1º de agosto de 1900 e guaraná de rolha
Querido diário otário,
Minha mãe podia ter me dado um carro, uma moto, uma TV 84", mas a vagaba me deu um manequim. Coloquei na minha loja de produtos roubados roupas.

5 de agosto
Querido diário otário,
Um maconheiro cliente disse que o manequim estava o encarando. O expulsei porque não quero usuários de drogas em meu estabelecimento.

6 de agosto
Querido diário otário,
Hoje meu manequim sumiu, e estou desesperada o procurando. Meu melhor amigo também sumiu, mas eu não ligo.

7 de agosto
Querido diário otário,
Encontrei o manequim segurando uma cabeça de borracha suja de molho de tomate que se parecia muito com o rosto do meu amigo desaparecido.

15 de agosto
Querido diário otário,
Encontraram o corpo do meu amigo, só que sem a cabeça. Onde deve estar?

1º de setembro
Cu.

3 de setembro
Alguém roubou uma página do meu diário provavelmente para limpar a bunda. Minha irmã sumiu e encontraram uma cabeça de borracha com o rosto dela na mão da manequim. E o número de usuários de drogas que entram meu estabelecimento aumentou. Vou vender o manequim na OLX.

4 de setembro
Não me venda, vaca!

5 de setembro
É difícil fingir que não sei o que está acontecendo mas o manequim foi movido para os fundos e assassinaram o dono da OLX. Tentarei no Mercado Livre.

10 de setembro
Minha mãe também desapareceu. A cabeça dela também foi encontrada com o manequim que só falta dançar Harlem Shake na minha frente que vou fingir que não sei de nada.

17 de setembro
Não vou mais fingir, foi o manequim.

18 de setembro
Morra biscate!

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

A guria retardada da crepe desapareceu pra deixar de ser besta. O manequim foi vendido pra sua mãe.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Receba nossas atualizações por e-mail