3 de jan de 2014

Killswitch



Na primavera de 1989 a corporação Karvina lançou um jogo curioso (humm), cujo a disseminação entre os estudantes americanos naquele outono foi rápida e fácil. Entretanto o tempo de sua popularidade ter sido curta.



Na superfície era um jogo de gay que só fãs de My Little Pony jogam. A narrativa mostrava a complexidade pela qual Karvina era conhecida, vagas sombras cinzas e brancas num fundo Afrodescendente preto. Os jogadores poderiam escolher entre dois personagens: Um demônio super fodido e invisível chamado Ghast ou uma Mulher invisível chamada Porto, mas claro, como são fãs de My Little Pony, escolheram a mulher. Jogar com o demônio era consideravelmente mais difícil devido a sua invisibilidade total, e os jogadores eram sujeitos a desligar o jogo pra escolher a mulher. Entretanto, Ghast era claramente o personagem mais poderoso, soprava fogo e fumaça ( ͡° ͜ʖ ͡°)

O jogo simplesmente me matou e agora vou assombrar quem lê essa crepepasta.

2 comentários :

Receba nossas atualizações por e-mail