5 de abr de 2013

Call of Duty - Black Ops : Nuketown

Tudo começou um dia depois da minha formatura quando os pais do meu amigo compraram para ele um Xbox 360 roubado pelo esforço dele no ensino médio.Devido ao fato deles serem pobres igual a você, era um Xbox usado que tinha sido comprado.Ele me chamou assim que ganhou para jogarmos juntos. Me arrumei e fui pra casa dele dar, que era a uma rua de distância da minha.

Quando eu cheguei lá ele estava jogando Black Ops. Disse para eu abrir a porta e entrar direto porque ele já estava muito ocupado batendo punheta jogando o multiplayer online.Assim que eu entrei me sentei do lado dele e fiquei assistindo-o se masturbar ser massacrado pelos nerds mais experientes. Eu só podia ficar rindo dele.Depois de se cansar de ser morto várias vezes ele me deixou jogar um pouco(Noob).Seu pai ligou pedindo pra ele fazer alguma coisa que agora não me lembro o que era porque estava entretido com ele me comendo, só ouvi ele saindo pela porta dos fundos e dizendo que voltava logo. Fiquei meia hora jogando as missões offline até decidir que podia jogar o multiplayer online sem ser humilhado por completo. Entrei na sala e aguardei. Ia ser um Team deathmatch na Nuketown.Um dos meus mapas preferidos. É pequeno(igual ao seu pênis), então a ação é constante.

Esperei 10 segundos que, estando sozinho me pareceram 10 minutos. Quando o jogo começou eu ri pra mim mesmo porque era retardado Comecei jogando melhor do que normalmente jogo, ou os outros jogadores não eram tão bons quanto de costume(Noobs).Depois de alguns minutos, eles começaram a sair da sala até que só sobrou eu e outro membro time oposto no mapa.Comecei a rir sozinho porque estava emaconhado. Eu estava parecendo muito um retardado como se eu não fosse eu. Procurei ele pelo mapa todo duas vezes até encontrá-lo e quando fui atirar, percebi que o jogador estava parado, feito um idiota, então decidi dar uma volta pelo cenário e esperar ele voltar.

Começou quando eu entrei na casa verde e branca no norte do mapa e comecei a atirar num manequim de camisa social e gravata pra passar o tempo. Então eu escutei um barulho que os personagens fazem quando estão fazendo sexo.Primeiro achei que fosse o manequim, mas eu sabia que estava sendo muito bobo em pensar nisso, então fui correndo pra ver o que tinha acontecido com o outro jogador, se ele tinha caído da varanda me procurando, ou se o slender quisesse me comer(nos dois sentidos da palavra... Ou não). Mas ele ainda estava lá, parado na mesma posição feito um completo retardado.
 Fiquei um pouco mais tenso, ainda mais pelo fato de estar sozinho. Decidi voltar e começar a atirar no manequim de novo. Depois de alguns minutos esvaziando os pentes nele, eu ouvi um grunhido. Eu realmente me arrepiei porque percebi que o barulho de vento e outras coisas que normalmente estão como sons de fundo tinham sumido. Só agora havia percebido que esse grunhido tinha sido o único som que ouvira em minutos de jogo. Me arrepiei, sabe, aquele medo que vem aos poucos, pior do que o rápido devagar. 

Decidi só correr em volta do mapa para sair da partida em seguida, até que vi exatamente o mesmo manequim no qual eu estava atirando antes. Entretanto ele não estava na casa verde e branca dessa vez. ele estava na frente da outra casa que ficava do outro lado do mapa. Pensei que ele podia querer meu corpo nú. De qualquer jeito, o único manequim que se mexeu foi esse, e e também foi o único que fez sons quando atirei nele. Ignorei isso e fui terminando de dar a volta porque eu estava começando a me masturbar, quando me lembrei que o outro jogador ainda estava na sala.Fui checar, mas agora ele tinha saído do lugar de antes, e continuava parado. Ele provavelmente só voltou, andou e saiu de novo, porque o personagem não mostrava sinais de movimento. Eu me virei pra tomar posição e esperá-lo voltar, e assim que me virei o manequim estava bem atrás de mim.

Eu comecei a atirar e ouvir o barulho de grunhido, o mesmo de antes. Corri pra fora da casa para perto dos balanços do outro lado do mapa. Quando eu cheguei lá, vi o mesmo manequim de novo. Eu comecei a me masturbar ainda mais e atirei tudo que tinha nele seu pai, mãe cachorro e até a puta da sua irmã, aquela vaca!. Ele continuou fazendo o mesmo barulho e dessa vez eu vi tomate 
sangue saindo dele.  Eu achei  procurando que era só minha maconha fazendo efeito.

Agora eu aceitei que era mesmo gay e assumi que o manequim era meu namorado, já que ele queria o meu corpo despido eu queria o dele tambem(uii!)



                                              Clique aqui para ver o post original

4 comentários :

  1. Respostas
    1. então o(s) dono(s) do blog faz(em) um trabalho ótimo,
      porque eu me caguei de rir

      Excluir
  2. Esse foi o "bug" mais escroto e satanico que eu ja vi.

    ResponderExcluir

Receba nossas atualizações por e-mail