28 de abr de 2013

XoRax

Meus pais foram os primeiros a serem infectados pela terrível doença, conhecida como XoRax.
Posso me lembrar vividamente de meu pai em sua cama enquanto sofria espasmos musculares e se sufocava no próprio vômito.  Eu fiquei ao seu lado, congelado no meu lugar, me recusando a sair e segurando soluços, as pupilas dele dilatavam até que seus olhos se tornarem manchas pretas no seu rosto. Ele tentava falar, virando sua cabeça para o meu lado, mas abrir a boca só fazia com que ele vomitasse de novo.

Lembro de ter dito algo, mas esse detalhe está perdido para mim agora. Eu lembro de olhar para seus olhos enquanto seu olhar se tornava cada vez mais incerto até sumir por completo de sanidade. Deixei sair um suspiro e fui correndo para meu quarto em desespero, sem querer encarar a verdade. Minha mãe foi a primeira a ir pro acre, então meu irmão mais velho que tinha acabado de fazer 17 e finalmente meu pai.

Não tinha considerado o fato deu ter sido o único que não peguei a doença - e ela era de fato muito contagiosa - Eu só me julgava dono de uma sorte muito grande, mesmo sendo uma sorte tão trágica. Cai no sono no corredor, enrolado no cobertor da minha mãe. Seu perfume fazia o cheiro pútrido suportável de algum jeito, ou pelo menos fraco o suficientente para que eu pudesse ignorá-lo.

Então me lembro de um bater insistente na minha porta, uma série de gritos do outro lado da porta. Estavam procurando por sobreviventes, procurando fervorosamente por qualquer um que ainda estivesse vivo apesar da epidemia. Eu corri até a porta e abri para descobrir de quem se tratava. Eles se identificaram como a Tripulação do Dia.

Seus rostos estavam obscurecidos por imensas máscaras de gás presas a algum tipo de filtro nas bochechas, a respiração era lenta e monitorada, as vozes era praticamente indecifráveis através do seu aparato mecânico fazendo roncos e chiados. Estavam cobertos da cabeça aos pés em uniforme isolante com os dizeres "Tripulação de não sei oque lá" nas suas costas.


Mandaram que eu fosse ao salão principal onde pude ver outras quarenta crianças com mais ou menos minha idade recebendo ordens e sendo molestadas enfileiradas.  Um vez que todo o grupo tinha sido totalmente examinado, começamos nossa viagem para narnia, ou se preferir acre, sendo essa visões de caos e destruição, Até ai tudo normal

Haviam mais membros da Tripulação do sei lá oque fazendo ''secso'' com outros retardados caídos pela rua. Fomos silenciosamente colocados na parte de trás de um enorme caminhão.

Vimos que eram alpacas. Alpacas mutantes assassinas voadoras de peixes que transmitiam essa doença. Até o link chegar com o superman e darem um jeito nelas, Link vira Super-Alpaca Sayajin e derrota todas com o seu super-alpaca kamehameha.


Vamos parar com o assunto do momento, e vamos falar de coisa boa..Vamos falar da nova, da sensacional, e da insuperal TEKPIX!




                                              Clique aqui para ver o post original

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Receba nossas atualizações por e-mail